05 agosto 2008

Mídia em Táxi é regulamentada no RJ

Prefeitura do Rio de Janeiro criou uma nova regulamentação para a veiculação de publicidade nos táxis cariocas.

Ao contrário da cidade de São Paulo, onde a lei "Cidade Limpa" eliminou por completo a atividade publícitária nos táxis, a nova resolução da Prefeitura do Rio, publicada no Diário Oficial do Município, regulamenta a atividade publicitária nos táxis do município.

Será permitido fazer publicidade nos painéis luminosos sobre o veículo, no vidro traseiro e nas portas dianteiras, mediante autorização prévia da prefeitura, somente por empresas especializadas em exploração de mídia em táxi e registradas pelo departamento.


Apartir de agora os taxistas deverão também ter em seu poder o certificado emitido pela exibidora, com o termo de registro junto à prefeitura com a discriminação da peça publicitária. Em caso da inobservância da resolução, haverá penalidades para a empresa exibidora para o anunciante e também para o taxista.

A SOLUÇÃO

O diretor administrativo da Cartaxi Publicidade em Táxis, Sr. Antônio Carlos Savério, sócio fundador e pioneiro no seguimento de mídia em táxis no Brasil, parabeniza a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, que regulamentou a publicidade nos táxis através da resolução 1783.



Savério afirma: "A Cartaxi Publicidade em Táxis, atendeu na integra a nova resolução Nº 1783, e obteve, Termo de Registro Nº 02", e comenta: "A nova regulamentação vem beneficiar os taxistas e responsabilizar o trabalho das empresas cadastradas, como também moralizar esta atividade de propaganda na cidade do Rio de Janeiro".
Agora uma propaganda para ser veiculada nos táxis tem que ter a responsabilidade de uma empresa registrada nesta modalidade de trabalho, e ser previamente aprovada pela prefeirura. Além dos layout's, os luminosos, as películas de vidro e adesivos de portas, deverão ter uma previa aprovação da mesma através de apresentação de laudo técnico que comprove a eficiência de utilização e qualidade do material, pela empresa responsável pelo engenho e ou material. "A nova resolução exige que qualquer veiculação tenha uma empresa responsável, evitando a veiculação de peças de publicidade sem nenhuma responsabilidade fiscal e legal junto a prefeitura, além de dar confiabilidade aos taxistas de que estão tratando com empresa cumpridora de regulamentação", finaliza Savério.

Com essa nova lei os taxistas terão total confiabilidade ao colar uma propaganda em seus táxis e a tranquilidade de saber que há uma empresa legalizada junto a Prefeitura garantindo a sua remuneração mensal.”, diz Carlos Paulo de Souza Magalhães, gerente operacional da Cartaxi, no Rio de Janeiro.

A nova regulamentação dará um fim as irregulariedades.
( Veja Aqui ) matéria já publicada sobre, pelo Blog Taxidoor.

4 comentários:

  1. Parabéns !! Reconheço o trabalho sério que a Cartaxi faz !

    A Mídia merece! É democrática, não polui e nunca foi irregular, para estar sofrendo proibição "Cidade Limpa - SP "

    Bola pra frente o mundo é de vcs. Vamos comemorar !!

    Daniel Saverio

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Prefeitura do Rio de Janeiro.
    Sem comentários a nossa Prefeitura de São Paulo, né Kassab??

    ResponderExcluir
  3. Parabéns á Prefeitura do Rio de Janeiro.
    Sem comentários a Prefeitura de minha cidade.

    Fabiana Mello
    fafacmello@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. Beleza, mas tem que tomar cuidado pra não se criar monopólios da mídia, pois há muito tempo as agências aqui do Rio vinham utilizando o serviço e muitas vezes sem pagar impostos na totalidade, alguns passando a margem da lei, visto a burocracia pra se aprovar alguns layouts na prefeitura. Se for pra facilitar e abrir mercado pra concorrência justa, é de se parabenizar a todos !!!

    Amarelinho do Rio

    ResponderExcluir